26 de junho de 2015

Bomba do Benfica pode ser... Di Maria

in: Futebol365

O internacional argentino pode estar de regresso à Luz via Barcelona. Os "catalães" estão impedidos de inscrever jogadores até janeiro de 2016 e o Benfica poderá assegurar o jogador antes deste se mudar a titulo definitivo para o Barça.
O Barcelona pode estar prestes a contratar Angel Di María e o Benfica pode sair beneficiado. Segundo avança a TVI24 este pode ser um desfecho provável caso Laporte vença as eleições no Barcelona.
Como os "catalães" estão impedidos de contratar jogadores até janeiro de 2016, devido a um castigo imposto pela FIFA, o Benfica asseguraria o jogador até essa altura e, posteriormente, este mudar-se-ia em definitivo para Barcelona.
O Benfica está atento a esta possibilidade e vê com bons olhos o regresso do craque, resolvendo assim o problema grave que a lesão de Salvio colocou no plantel do Benfica.
Recorde-se que Di María é uma promessa de Joan Laporta caso vença as eleições do Barcelona.

17 de junho de 2015

Capel para defesa esquerdo

in: DN
Treinador do Sporting aprecia a qualidade técnica e o futebol aguerrido do espanhol e quer segurá-lo. Jogador só tem mais um ano de contrato e para ficar tem de renovar.

Jorge Jesus quer fazer de Diego Capel um "novo Fábio Coentrão", ou seja, adaptar o extremo espanhol do Sporting a lateral esquerdo. O DN sabe que nas reuniões que teve com os dirigentes leoninos o treinador traçou o perfil da equipa que pretende e quem no plantel pode e deve ficar para ser valorizado como atleta e ativo da SAD leonina.
Um deles é Capel, que, no entender do ex-técnico do Benfica, tem características idênticas às de Fábio Coentrão quando chegou à Luz, oriundo do Rio Ave, como extremo esquerdo, e que Jesus moldou de forma a criar um lateral esquerdo de excelência. Ou seja, rapidez, capacidade técnica fora do normal, garra e entrega ao jogo, que podem ser mais úteis num sistema defensivo com as linhas subidas, principalmente se Capel não tiver só a preocupação de ir à linha cruzar sem levantar a cabeça, uma das críticas apontadas ao espanhol de 27 anos.

15 de junho de 2015

Jesus pediu Guerreiro, Fonte, Danilo e Jiménez

in: DN
Raphael Guerreiro, José Fonte, Danilo e Raúl Jiménez. Estes eram quatro reforços que Jorge Jesus tinha referenciados para o eventual plantel do Benfica para a época 2015-2016 e que, sabe o DN, agora também apresentou à direção do Sporting. O treinador estava também ao corrente de algumas conversas entre os encarnados e alguns desses futebolistas, ainda antes do final da última temporada, mas mesmo assim tentou que o Sporting ultrapassasse os bicampeões na corrida pela contratação dos atletas.
Segundo informações recolhidas pelo DN, Bruno de Carvalho, presidente do Sporting, fez saber a Jorge Jesus que o clube não poderia entrar em loucuras financeiras para o reforço do plantel, mas ainda assim o dirigente verde e branco procurou saber das possibilidades que tinha para garantir a aquisição de pelo menos estes quatro futebolistas.
Das respostas que recebeu de alguns empresários, só Danilo parecia ser possível. E neste momento são mesmo os verde e brancos que estão na frente da corrida pela contratação do médio do Marítimo, com uma oferta de quatro milhões de euros. O FC Porto é outro dos interessados, ao passo que o Benfica, onde o jogador se formou, recusa a contratação depois de este ter saído da Luz em 2011 sem querer negociar uma renovação de contrato.

14 de junho de 2015

Jorge Jesus - A verdadeira história

in: SOL
Eram 8h50 de terça-feira da semana passada quando, ao desligar o telemóvel, Jorge Jesus se convenceu de que o ciclo no Benfica tinha chegado ao fim.
Perante a hesitação do Benfica, o treinador já havia informado o Sporting da sua disponibilidade para aceitar uma proposta dos 'leões' e aquela conversa telefónica com o presidente do Benfica veio clarificar de vez algo que Jesus estava com dificuldade em interiorizar. Quanto mais Vieira insistia na viagem a França, mais crescia no técnico a vontade de permanecer em Portugal.Pouco tinha dormido nessa noite, depois de ter saído de uma reunião com Luís Filipe Vieira com a sensação de que o presidente 'encarnado' estaria mais interessado em empurrá-lo para o estrangeiro do que em renovar contrato com ele - como o SOL adiantou na semana passada. Combinaram viajar para França no dia a seguir, a fim de o treinador ouvir as propostas que o empresário Jorge Mendes tinha para lhe apresentar, mas na cabeça de Jesus nada daquilo fazia sentido. A reunião ficou a remoer-lhe até ao telefonema de Vieira na manhã seguinte.
Comunicou ao líder do Benfica que não iria a Paris e ficou no ar a hipótese de se encontrarem no dia seguinte para discutirem a renovação de contrato. Mas Jesus já não tinha a mínima vontade de continuar na Luz. A partir desse momento, virou a agulha para o rival de Alvalade e comprometeu-se nesse mesmo dia com os 'leões'. À noite, esteve à conversa com Bruno de Carvalho até às quatro da manhã, depois de terem jantado em casa de um amigo comum.
Para surpresa do próprio treinador, a troca de ideias com o presidente leonino mostrou muitos pontos de contacto e fez disparar no tricampeão pelo Benfica a convicção de que tinha dado o passo certo.
Em conversa com amigos, Jesus confidenciou que “gostou muito de falar com Bruno de Carvalho” e, ferido no seu orgulho, rejeitou voltar a falar com o Benfica. “Agora nem que me ofereçam o dobro. Já dei a minha palavra e não volto atrás”, deixou escapar aos mais próximos. Jesus acredita que Vieira só tentou renovar com ele depois de saber que havia sérias possibilidades de o técnico se mudar para o outro lado da Segunda Circular.
Nenhuma das propostas trazidas pelo empresário Jorge Mendes interessou ao treinador, apesar de vantajosas do ponto de vista financeiro. Nem do Marselha, nem do Milan, nem do Zenit. E muito menos do Qatar, que poderia ser a porta de entrada para o Paris Saint-Germain no futuro, uma vez que os donos do clube são naturais daquele país do Médio Oriente. “Quando o PSG me quiser que venha falar comigo para ir para lá directamente”, terá respondido Jesus a Mendes.
Apresentação em Alvalade mexe com patrocinadores
Até 30 de Junho, é ponto assente que o novo treinador do Sporting não poderá trabalhar para o clube, pois só nesse dia deixa de ser assalariado do Benfica.
Já a apresentação oficial aos adeptos leoninos poderia acontecer antes, mas o mais provável é ficar para 1 de Julho. Em causa estão os direitos de imagem de Jorge Jesus, cedidos até ao fim do mês ao Benfica. Os 'encarnados' teriam argumentos para mover um processo contra o técnico se surgisse num acto público rodeado pelos patrocínios do rival.
A alternativa para o Sporting seria 'esconder' os seus patrocinadores, o que não agrada às marcas. A decisão será tomada após o regresso de férias de Jesus, na próxima semana.

8 de junho de 2015

Maxi pode rumar ao Dragão

in: Zerozero

O empresário de Maxi Pereira, atual jogador do Benfica, esteve reunido, na passada sexta feira, com um membro do FC Porto. A notícia é avançada pelo Jornal de Notícias, que cita «fonte próxima do processo» para afirmar que a reunião com empresário do jogador, Paco Casal, confirma o interesse dos dragões.
A confirmar-se a intenção por parte dos portistas em contratar o lateral-direito, este poderia ser uma opção para ocupar o lugar deixado por Danilo, que trocou o Porto por Madrid.
Ao fim de oito épocas no Benfica, Maxi Pereira juntou ao seu palmarés três campeonatos nacionais, seis Taças da Liga, uma Taça de Portugal e uma Supertaça Cândido de Oliveira. Só esta temporada, o jogador disputou 42 jogos, nas várias competições nacionais e internacionais, dos quais foi titular em 41 e onde marcou cinco golos.