4 de março de 2015

Jesus quer Cedric no Benfica

Jorge Jesus, treinador do Benfica, tem as baterias apontadas a Cédric Soares, jogador do Sporting. O CM sabe que o técnico é grande apreciador das qualidades do lateral-direito e acredita que o jovem leão, de 23 anos, pode ser um bom sucessor de Maxi Pereira na defesa dos encarnados. As negociações entre o Benfica e o uruguaio para a renovação de contrato mantêm-se num impasse. As dificuldades do acordo prendem-se sobretudo com questões salariais e o mais certo é que Maxi Pereira, de 30 anos, deixe o Benfica no final da temporada. Já a antecipar este desfecho, Jesus tem em vista várias alternativas, sendo que Cédric é um dos jogadores que mais interesse despertam no treinador das águias. "Jesus gosta muito do Cédric. Sempre viu nele grandes qualidades e pensa que será fácil fazer dele um jogador ao nível de Maxi", disse ao CM fonte próxima do técnico. Cédric tem contrato com o Sporting até junho de 2016 e está em negociações com o clube desde o verão passado para que seja encontrada uma base de entendimento com vista à renovação. Mas os números continuam a divergir entre as partes e o encontro de verbas parece pouco provável. O lateral-direito é uma das peças-chave do plantel leonino e também se tem valorizado com a camisola da seleção nacional (somou a primeira internacionalização pela equipa principal no particular com a França, em outubro de 2014). Além do Benfica, também o FC Porto está atento a Cédric, como noticiou recentemente o CM. 

18 de fevereiro de 2015

FC Porto também quer Mayke

in:Zerozero
Mayke tem sido colocado na mira de Benfica e FC Porto e o Cruzeiro, clube ao qual pertence o lateral-direito, confirma uma sondagem dos azuis e brancos.
«É verdade que houve uma sondagem do FC Porto, mas já foi há algum tempo e não passou disso mesmo, de uma sondagem», afirmou, ao jornal A Bola, o presidente do emblema brasileiro, Gilvan Tavares.
Segundo o dirigente, o Benfica, que também tem sido relacionado com o defesa de 22 anos, nunca perguntou por Mayke.
«Nunca me perguntaram por ele, nunca falei com o presidente do Benfica sobre Mayke e não tenho qualquer informação de que o Benfica esteja interessado em Mayke», completou, aproveitando para sublinhar  importância que o lateral-direito tem no clube e, por isso, o elevado preço que custará ao clube que o quiser contratar.
«Mayke custa muito mais de cinco milhões de euros! É um jogador muito importante para o Cruzeiro», frisou.

30 de janeiro de 2015

"Sporting comprou um jogador estrangeiro sem qualidade, e dispensou um jogador português com muita margem de progressão e que estava a cumprir"

http://rr.sapo.pt/bolabranca_detalhe.aspx?fid=45&did=176621

Abel Ferreira foi demitido do comando técnico do Sporting B, no início da temporada, de forma surpreendente, não só porque a equipa tinha atingido os objectivos na época anterior, mas principalmente pelo "timing". Abel já tinha orientado dois treinos, quando foi informado da decisão da direcção leonina.

O treinador recusou abrir polémica sobre o tema, contornou a curiosidade de jornalistas e adeptos, mas agora, em Bola Branca, apresenta uma justificação para a saída do Sporting, estabelecendo um paralelismo com o que se passou, recentemente, com Marco Silva.

"O que aconteceu comigo, a uma escala mais reduzida, foi o que ia acontecendo com o Marco Silva. O presidente aprendeu que o eu posso, eu mando e eu quero não funciona no futebol", sublinha Abel, acrescentando que Bruno de Carvalho não cometeu o mesmo erro com o actual treinador da equipa principal.

"Uma das coisas que este presidente aprendeu com o que aconteceu foi não cometer o mesmo erro duas vezes. Tomou uma decisão fantástica ao manter o Marco Silva. O presidente do Sporting, sendo inteligente, percebeu que o 'eu' ganha muito poucas vezes no futebol. Ele é um ganhador e aprendeu que só o 'nós' faz sentido", reforça o técnico, que esteve mais de oito anos no Sporting, primeiro como jogador, depois como treinador.


Abel admite que poderá ter funcionado como exemplo, recordando que foi uma escolha da direcção anterior. Realça, no entanto, que disse "tudo o que tinha a dizer na cara do presidente". Optando, uma vez mais, por reservar para si mesmo o máximo de informação sobre o que aconteceu, o treinador revela que questionou Bruno de Carvalho sobre as razões que motivavam o seu despedimento e não obteve resposta satisfatória.

Nesse sentido, disse ao presidente, "cara na cara, que gostava de ter sido demitido como deve ser demitido um treinador, isto é, quando não atinge os objectivos". "Não foi o caso, porque superámos a classificação do ano anterior e metemos jogadores na equipa A a contribuir de forma directa [para o desempenho da equipa]", acrescenta.

Por fim, Abel recorda que foi o primeiro treinador a dar um título a Bruno de Carvalho, com a conquista da Taça de Honra da AF Lisboa, em Julho de 2013. O treinador, de 36 anos, optou por cumprir um ano sabático, após o despedimento do Sporting, clube com o qual tinha mais dois anos de contrato.

Sportinguista assumido, Abel Ferreira declara que "foi uma honra e um prazer servir o Sporting durante quase dez anos". Jogador da equipa leonina durante cinco épocas e meia, viu a sua carreira abreviada, após uma lesão grave num joelho, sofrida aos 32 anos. Assinou contrato como treinador, foi campeão de juniores e orientou a equipa B em 2013/14, fechando a época no 6º lugar da Segunda Liga.

29 de janeiro de 2015

"Já assinei pelo Benfica"

in: Ojogo

O entendimento entre Peñarol e o emblema da águia foi finalizado esta madrugada, a transferência será oficializada nas próximas horas e Jonathan Rodríguez já fala como reforço dos encarnados. "Sim, já assinei. Só posso dizer que estou muito feliz por poder jogar no Benfica", revelou o avançado a O JOGO, minutos depois de ter colocado a sua assinatura no documento que o vinculará ao clube da Luz, o qual será tornado oficial durante esta quinta-feira.

Está assim terminado um processo que se transformou numa autêntica novela, com críticas pessoais dirigidas ao jogador, desacordo de verbas e prazos de pagamento, propostas e contrapropostas. Tudo ficou tratado esta madrugada, a oficialização é o passo seguinte, mas o jogador ficou, desde logo, nas nuvens, aproveitando o contacto do nosso jornal para deixar uma mensagem aos benfiquistas. "Posso dizer-lhes, neste momento, que vou dar tudo, vou dar o meu melhor, para ajudar o Benfica a sagrar-se campeão e para dar muitas alegrias aos adeptos", prometeu o dianteiro.

27 de janeiro de 2015

Jesus precisa de vencer todos os jogos da segunda volta para fazer melhor do que na primeira

"Ainda vamos melhorar nesta fase da época, tem sido assim desde que estou aqui, há seis anos. Somos sempre melhores na segunda volta"

Curioso que logo no dia a seguir a esta afirmação o Benfica perde, sofre o primeiro golo de Novembro e fica em branco pela primeira vez desde Abril de 2012.

Jesus queria dizer que na segunda volta a equipa geralmente joga melhor que na primeira. O que é normal.

Estatisticamente o Benfica nas segundas voltas fez mais pontos nos 2 campeonatos que venceu mas nos outros 3 fez menos.

Esta época vai ser muito difícil fazer mais pontos na segunda volta do que na primeira, pois na primeira cedeu apenas 5 pontos, e com a derrota de hoje já cedeu 3. Seriam assim necessárias 16 vitórias para fazer 48 pontos. Quase impossível.

21 de janeiro de 2015

Bernardo $ilva

Financeiramente um grande negócio. Embora se pensarmos que daqui a um ano ou dois pudesse valer o triplo, não é assim tão bom.
Desportivamente não é isto que um clube que está a melhorar a olhos vistos nos seus escalões de formação deve fazer. Formar para os outros? Sem nunca tirar rendimento desportivo do jogador? Não me parece certo.
Talvez esteja aqui a razão de o Garay ter sido vendido a tão baixo preço. Pois o Benfica acaba por receber duas verbas altas (15 de Bernardo e 15 de André Gomes) a compensar uma má venda (4 de Garay). Já que são 3 jogadores do mesmo empresário.
Os verdadeiros benfiquistas devem estar preocupados, pois o clube está transformado numa autentica empresa (e com negócios obscuros) e não num clube que aposta na formação.

4 de janeiro de 2015

José Mourinho quer contratar Wilfred Bony

in: DailyStar
The Premier League leaders have identified Bony as the perfect man to boost the club's attacking options and are ready to take on Manchester City and Liverpool to get their man.
But while City and Liverpool may make a move in the January transfer window, Jose Mourinho is prepared to wait until the summer content he has enough strength in depth for the remainder of the season.
And the Blues believe a cash plus Loic Remy offer will be enough to persuade Swansea they are the club to do business with when they do decide to sell.
The Swans are determined not to let Bony - who scored 20 goals in 2014, more than any other Premier League player - leave the Liberty Stadium this month.
That kind of timeframe would perfectly suit Chelsea, with Mourinho being given a ringing endorsement of the Ivorian from his former international teammate Drogba.
The Chelsea legend has made it clear to Mourinho and club scout Mick Doherty Bony's combination of pace, power and explosive finishing is exactly what Chelsea need.
Doherty was in the stands at Anfield last week when Swansea lost 4-1 to Liverpool, while scouts from Chelsea, City and the Reds also saw him score a late equaliser at QPR on New Year's Day.
Drogba is on a season-long deal at Stamford Bridge while Remy has struggled to make any impression since his late summer move from QPR.
Mourinho knows he needs other alternatives to Diego Costa as a main attacking striker, and with Bony similar in style and physical presence to Drogba, the Chelsea boss has become a huge fan.
But he would rather wait until the summer to make major changes to his playing squad, in the opinion January arrivals sometimes fail to shine.